Confederação Brasileira De Judô
09/10/2017
Por PAULO PINTO | Fotos BUDOPRESS/CBJ
Rio de Janeiro – RJ

Os dirigentes Luiz Gonzaga Filho (DF), Sílvio Acácio Borges (CBJ) e Josmar Amaral Gonçalves (GO)

Atendendo a uma agenda bastante agitada e atípica, as equipes de gestores e colaboradores da Confederação Brasileira de Judô (CBJ) reuniram-se na quinta-feira (5 de outubro) para comemorar os 180 dias da gestão de Sílvio Acácio Borges, que assumiu o comando da entidade em 31 de março.

Em seu pronunciamento para as equipes de gestores e colaboradores, o dirigente enfatizou a importância de comemorar data tão importante com a equipe que faz o dia a dia da modalidade.

Gestores e colaboradores no café da manhã realizado na sede da CBJ

“O ponto alto deste encontro é ter a satisfação de fazer esta comemoração com a equipe que nos ajuda a exercer uma gestão focada na continuidade, objetivando, porém, a maior evolução possível. Foram 180 dias vibrantes, nos quais marcamos presença em todos os certames nacionais, tendo esta incursão esportiva interna culminado com a nossa participação no Campeonato Mundial de Budapeste, no qual a seleção brasileira sênior alcançou um resultado histórico, sagrando-se vice-campeã da inédita disputa por equipes mistas, o que nos posicionou muito bem no ranking da Federação Internacional de Judô”, pontuou o dirigente.

Robnelson Ferreira, gestor executivo da CBJ, e Sílvio Acácio Borges, presidente da entidade

Sílvio Acácio também destacou a importância de um dia atípico, marcado por uma agenda bastante promissora e dinâmica.

“Este é o terceiro café que oferecemos a nossa equipe, e hoje tivemos o prazer de receber os professores Luiz Gonzaga Filho e Josmar do Amaral Gonçalves, presidentes das federações do Distrito Federal e Goiás, respectivamente. É uma satisfação enorme ter aqui aqueles que formam o alicerce de nossa entidade. Além da comemoração dos primeiros 180 dias de nossa gestão, pudemos realizar reuniões com os gestores de todos os setores da confederação e com o comitê de comunicação da CBJ. Foi um dia festivo e fora do comum, porém extremamente produtivo”, avaliou o dirigente.

O presidente fazendo uma selfie com colaboradores da CBJ

Após conhecer a nova sede da CBJ, Luiz Gonzaga Filho, presidente da Federação Metropolitana de Judô (DF), destacou a importância do convívio com a equipe de gestores e colaboradores da CBJ.

“Foi uma honra participar deste café da manhã que marcou os primeiros 180 dias da gestão do presidente Sílvio Acácio e deu ênfase à campanha Outubro Rosa. Avalio que o novo presidente está fazendo um trabalho brilhante e democrático. Carismático, o professor Sílvio exerce uma liderança natural e fomenta a união de todos os segmentos da modalidade e da administração, visando ao desenvolvimento do judô em nosso País”, disse o dirigente brasiliense.

Maurício Carlos faz apresentação da nova camisa da seleção brasileira aos dirigentes e membros do comitê de comunicação da CBJ

Quem também destacou a importância da visita à nova sede da CBJ e do convívio com toda a equipe da CBJ foi Josmar Amaral Gonçalves, presidente da Federação Goiana de Judô.

“A iniciativa de conhecermos a nova sede administrativa da CBJ partiu do professor Luiz Gonzaga, mas a vinda ao Rio de Janeiro culminou na formalização da nossa proposta de candidatura para realizar o Campeonato Brasileiro da Região IV, em 2018. Também aproveitamos a oportunidade para obter mais informações sobre atualização estatutária e outras demandas que envolvem a legislação esportiva”, acrescentou Amaral.

Luiz Fernando Coelho, Tiago Campante, Manoela Penna e Lara Monsores

O dirigente goiano finalizou prevendo que o judô superará a crise que assola o esporte e o País, saindo ainda mais forte.

 “Fomos muito bem recebidos pelo presidente Sílvio Acácio, que não mediu esforços para nos ouvir e atender nossas demandas. Apesar das dificuldades que o Brasil atravessa, tenho certeza de que nosso comandante está focado na manutenção das políticas implementadas por seu antecessor. Mesmo num cenário econômico desfavorável, pelo que vi na reunião do comitê de comunicação da CBJ posso acreditar que o judô continuará na vanguarda do desporto olímpico brasileiro e sairá desta crise ainda mais fortalecido”, ensejou Josmar.

Luiz Gonzaga, Sílvio Acácio e Josmar Amaral participam da reunião do comitê de comunicação

Em seu balanço final sobre o dia comemorativo Sílvio Acácio destacou a relevância da presença de dois dirigentes estaduais no encontro e a importância desta aproximação.

“Foi uma satisfação enorme receber os colegas Luiz Gonzaga e Josmar Amaral, que deixaram suas cidades de madrugada para tomar um café da manhã com toda a equipe de colaboradores da CBJ. Estamos incentivando os dirigentes estaduais a virem ao Rio para conhecer a nossa casa, nossa nova sede, nossa nova identidade, para que possamos estreitar ainda mais esta relação que o judô nos proporciona. Uma relação que vai além da amizade, do trabalho, envolve muito respeito e disciplina, e torna-se algo muito fraternal, já que o judô é pele, toque, e ter contato com o outro”, concluiu o presidente da CBJ.

Ingrid Câmara, Maurício Carlos dos Santos e Fernanda Silveira Bolognani